Recursos de
Acessibilidade:  
Tecle Alt+1 : ir ao conteúdo Tecle Alt+2 : ir ao mapa do site Texto menor Texto maior Contraste                 
 
Água Fria de Goiás, 18 de agosto de 2017 | COMO CHEGAR ATÉ NÓS ATRAVES DE SUA LOCALIZAÇÃO:
História do Município

Água Fria de Goiás

              O povoado teve a sua origem na "Fazenda Beco" que posteriormente foi denominada "Fazenda da Água Fria", devido à existência de um pequeno riacho que possuía água muito fria.

                 Segundo informações da Secretaria da Educação do Município, Água Fria de Goiás teve seu início com a chegada de posseiros, vindos das fazendas vizinhas, na década de 1940. Os primeiros habitantes foram os senhores João Cabrito e família, Sebastião Paiva, Dona Senhorinha, Sinhana e Esposo, Tomás Batista, Vicente Ribeiro, Rufino e Agripina, Gerônimo Ribeiro e Pedro Antônio, dentre outros que fizeram parte da formação do Povoado.

               Na década de 1950, pessoas de Minas Gerais vieram atraídas pelas terras propícias para criação de gado e produção de cana de açúcar, matéria prima usada para a produção do açúcar, da pinga e da rapadura, que faziam parte da economia da região. Neste grupo destacou-se o Senhor Elói Pinto de Araújo que muito contribuiu para formação do povoado de Água Fria.

                    O Senhor Elói Pinto de Araújo, mapeou os lotes e as ruas no Município de Água Fria, onde foram construídas habitações de madeira, pau-a-pique e palha. Estas terras, deixadas pelo senhor Elói como herança, foram doadas por seu herdeiro aos posseiros, e de maneira ordenada o povoado foi crescendo. Mais tarde, as terras foram legalizadas como patrimônio municipal.

                     Com a criação de uma olaria, as habitações passaram a ser feitas de adobes e telhas de barro. Nesta época, utilizavam para o abastecimento, as águas do Riacho Água Fria e do Rio Salobro, e de alguns regos (pequenos fluxos de água).

Devido a grande facilidade para a produção de algodão, desenvolveram-se largamente as produções artesanais de tecidos, utilizando para isto instrumentos rudimentares como rodas, fusos, cardas, descaroçadores e teares de madeira, tornando-se auto-suficientes neste artigo.

                 Nesta época, como não havia comércio local, e com a escassez da moeda oficial, os habitantes praticavam o escambo e se organizavam em caravanas compostas por cargueiros em lombo de burros, cavalos e por carros de bois, com destino à cidades mais adiantadas, como Catalão, Uberaba, Corumbá, Pirenópolis, Planaltina, Formosa e Santa Luzia (hoje Luziânia), levando açúcar e toucinho para vender e obter dinheiro para comprar sal, café, tecidos finos, ferramentas e remédios.

                   Estas caravanas eram compostas por 10 a 12 homens que na maioria das vezes levavam de 15 a 20 dias para chegarem aos destinos. Como não havia pontes, ficavam, muitas vezes, à beira de algum rio, esperando as águas baixarem para seguir a viagem. 

                  A religião que predominava, nesta época, era a católica. Logo veio a criação da paróquia "Nossa Senhora de Fátima", atual padroeira do município, onde, desde então são feitas as novenas com nome "Pouso de Padre", devido ao padre vir uma vez no ano.

             Na década de 1950, foi fundada, pelo Professor Erasmo de Castro, a Escola Reunida do Povoado de Água Fria, hoje Colégio Estadual de Água Fria.

               O município de Água Fria de Goiás foi criado em 1987 desmembrado do município de Planaltina de Goiás. Distando 156 km da Capital Federal e localizado na porção norte do Entorno, a sede do município de Água Fria de Goiás guarda características de um pacato povoado rural mantendo-se afastado dos fenômenos que são comuns aos municípios que estão mais próximos de Brasília.         

                   Seus traços mais marcantes - movimento reduzido nas ruas, comércio restrito ao atendimento das necessidades imediatas da população, ausência de estabelecimentos bancários - revelam seu estrito contato com a área rural. Conselhos Municipais, Associações, dentre outras.

 

Fonte: Portal Municipal

Origem do nome

          O topônimo Água Fria de Goiás surgiu pelo fato do povoado ter se desenvolvido na localidade da antiga fazenda Beco, posteriormente denominada fazenda Água Fria, que por sua vez recebeu este nome devido a existência de um pequeno riacho que possuía água muito fria. 

 

Formação Administrativa

 

·                     Elevado à categoria de município e distrito com a denominação de Água Fria de Goiás, pela lei estadual nº 10399, de 30-12-1995, desmembrado de Planaltina. Sede no atual distrito de Água Fria de Goiás, ex-povoado. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-06-1989.

·                     Em divisão territorial datada de 1-VI-1995, o município  é constituído de distrito sede.

·                     Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2010. 

Fonte: IBGE

 

Curiosidades...

O município é conhecido como "A Princesa do Leste Goiano".

 

Mapa do Município

 

 

http://1.bp.blogspot.com/-rozlXd9jfks/UCUTVr1VmkI/AAAAAAAAATw/wcnq-p7vbZs/s640/%C3%81guaFriadeGoi%C3%A1s.jpg

 





melhor utilizado Firefox - Chrome - Ie9 ou superior
















Galeria Multimídia
Galerias
Avenida João Orive Rodrigues, 01 - Centro
- CEP 73.780-000 - Água Fria de Goiás - GO
Telefone: (62) 3464-1138
Total de Visitas: 4494   |  Online: 1


E-Sic - Sistema de Informação ao Cidadão
Nome: Prefeitura Municipal de Água Fria de Goiás
E-mail: prefeitura.agua.2017@gmail.com
Telefone para esclarecimentos: (64) 3464-1138
Endereço: Avenida João Orive Rodrigues, 01 - Centro
Atendimento: 08:00h às 12:00h e das 14:00h às 18:00h
2017 © Todos os direitos reservados